O dia da Lila » Blog Archive Desfile PatBo – Inverno 2017 | SPFW N43 - O dia da Lila
18
mar
2017
Desfile PatBo – Inverno 2017 | SPFW N43

No segundo dia do SPFW N43, Patricia Bonaldi surpreende com desfile feminino poético e empoderado, unindo streetwear ao artesanato brasileiro de forma glamourosa

Ao apagar das luzes para início do desfile, a PatBo surpreendeu ao apresentar uma poesia inspiradora de sua coleção Inverno 2017. Apresentado em forma de um fashion film revelador dos bastidores de produção das peças, o poema enfatiza a força do nobre trabalho artesanal do Brasil. Ao som do hip hop, vemos o desfile de uma mulher street, empoderada e elegante da estação. Apesar da atitude despojada, Patricia Bonaldi não abre mão do seu luxo couture característico.

A estilista reforça o conceito feminista que vem sendo apresentado nas passarelas de todo o mundo, como na estreia de Maria Grazia Chiuri como a primeira diretora criativa da Dior.

As peças valorizam a militância da mulher contemporânea, que não perde a feminilidade.

O exímio trabalho da diretora criativa em couture é reconhecido nos materiais, acabamentos e trabalhos manuais usados. Dessa vez eles são traduzidos em tricôs, lãs em maxi pontos, bordados, pedrarias, veludo e linho.

O sport e streetwear é garantido em peças como joggerpants, croppeds, jaquetas bomber, parkas, moletons e bonés.

A alfaiataria é desconstruída e ganha um ar moderninho com assimetrias e o uso de novas texturas.

Como os vestidos não podem faltar nas suas coleções, Patricia aposta em modelos super sensuais, num veludo molhado brilhante, decote V e bordado de pedrarias.

Sua inspiração vai do grafite da arte de rua, como o de Basquiat, aos bordados do sergipano Bispo do Rosário. É daí que a cartela de cores ganha vida, apesar da predominância de looks pretos e cinzas.

Parcerias valiosas

Nos acessórios 

A Maria Dolores assina uma linha especial para a marca pela segunda vez, trabalhando junto a sua diretora criativa. O resultado são 30 peças folheadas a ouro e ródio negro, com o uso de materiais preciosos nacionais, como rutilo, esmeralda bruta e quartzo uva.

Dessa vez, a colaboração também se estendeu a duas mochilas com estampas exclusivas e metais, tornando-se verdadeiras jóias.

Nos pés 

Calçando as modelos, vimos modelos lindos de Converse criados especialmente para a coleção, reproduzindo os ricos bordados das roupas.

Nos moletons 

Outra parceria foi a feita no desenvolvimento de uma coleção cápsula de moletons com a blogueira Helena Bordon, que também participou desfilando!

Assista o desfile completo:

Como feminista assumida, entreguei meu coração à PatBo. Seu enorme valor agregado – tanto pela mensagem que passa, quanto pelo trabalho feito – o tornou no meu desfile favorito do SPFW N43 até agora, e vai ser difícil que algum roube o posto.

Já quero todas as peças! E vocês?

Nara Cerviño

Instragram: @naracervino

Fotos: Modelos | Zé Takahashi para FFW ; Detalhes: Marcelo Soubhia para FFW

0

Escreva um Comentário